VIAJE E CORRA EM PARATY!!!

XI Mini Maratona de Paraty

Estão abertas as inscrições para a XI Mini Maratona de Paraty, que será realizada no dia 25 de março de 2012. Participei da prova esse ano, com a minha querida equipe Filhos do Vento, e é realmente muito bacana. A largada acontece às 8h30 no meio da Estrada Rio-Santos, na altura do distrito de Patrimônio. O percurso tem 18 km e a chegada é no Centro Histórico de Paraty. O percurso apresenta algumas pequenas subidas e descidas, mas é plano em sua maioria. Um ótimo teste para quem quer fazer uma meia-maratona.

As inscrições custam R$ 70 para adultos e R$ 35 para maiores de 60 anos. Para fazer a sua, basta clicar aqui.

Não preciso nem falar dos atrativos de Paraty (passeios de barco, restaurantes, bares, centros culturais, produtos de artesanato, cachaças etc.), mas quem quiser uma dica de pousada aí vai: fiquei na Pousada Pardieiro. É bem legal. Segue o link do site: http://www.pousadapardieiro.com.br/.

Boa viagem e boa corrida!

K21 HALF MARATHON PLANEJA CINCO CORRIDAS PELO BRASIL EM 2012

K-21 em Arraial do Cabo

O circuito K21 Half Adventure Marathon é um projeto que pretende abarcar todos os estados do Brasil, em médio prazo, iniciando preferentemente nos 17 estados do litoral brasileiro. As corridas de 21 km são preparatórias para o K42 Bombinhas Adventure Runners, e, os campeões de cada corrida ganham vaga para correr o K42.

Segundo o organizador da prova, Juan Carlos Asef, para 2012 o objetivo é fazer somente cinco corridas. Dessas, três já estão definidas:

– Santa Catarina, a princípio em Governador Celso Ramos, que está entre Florianópolis e Bombinhas, e será organizado pela ABA (Associação Bombinense de Atletismo), e março de 2012.

– Paraná, na Ilha do Mel, organizado por Naventura, dia 15/07.

– Rio de Janeiro, em Arraial do Cabo, organizada pelas Assessorias Esportivas de Adevan Pereira e Speed, no mês de abril.

“Então ficam livres mais duas vagas. Temos estados interessados como Rio Grande do Sul, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais e Bahia”, informa Asef.

Uma das condições que os organizadores devem cumprir é ajudar a desenhar um percurso trail run em seu estado, para que a Bombinhas Adventure Runners estude a possibilidade de realizar o projeto “8 mil Km do Brasil – Do Oiapoque ao Chui”.

Visite o site: http://www.bombinhasrunners.com.br

Fonte: Revista Runner’s World Brasil

ORGANIZAÇÃO DA MARATONA DE NOVA YORK ABRE INSCRIÇÕES PARA 2012

Inscrições abertas para a edição 2012 da Maratona de Nova York

Os atletas que pretendem disputar a mais tradicional prova de Nova York, que acontece em 04 de novembro de 2012, já podem começar a correr para se inscrever. Basta preencher o formulário e esperar um e-mail de notificação com mais instruções.

Por conta do cada vez maior número de interessados em participar da maratona, para 2012 a organização do evento criou novas regras de participação:

– Presença do participante que teve a inscrição negada por três vezes não será mais garantida na quarta tentativa, apesar da regra ainda valer para quem tentou participar das provas de 2009, 2010 e 2011;

– O candidato só terá garantia de participação após o cancelamento de apenas uma edição. Depois disso, ele terá que enfrentar sorteio novamente. Antes os corredores ficavam garantidos mesmo que cancelassem mais de uma vez.

– Entrada certa para quem correu 15 edições da prova foi abolida, salvo os que já correram 15 provas até 2011 ou conseguirem atingir a marca até 2015.

Para preencher o formulário acesse o site do evento: http://www.nycmarathon.org/.

Fonte: Globoesporte.com

MARATONA DE DUBAI SERÁ REALIZADA NO PRÓXIMO DIA 27 DE JANEIRO

Maratona de Dubai 2012

Após receber o selo de ouro da IAAF – reconhecimento máximo da Associação Internacional das Federações de Atletismo –, a Maratona de Dubai anunciou um novo percurso para os 42 km, conhecidos como os “mais ricos do mundo” por conta das altas premiações aos vencedores.

A próxima edição, que será realizada no dia 27 de janeiro, terá largada próxima ao Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo. Em seguida, segue por 3,5 km na Emaar Boulevard para alcançar a Doha Street (local do Dubai Mall, maior shopping do planeta).

O caminho em direção à costa ainda passa pelo Dubai World Trade Center e pela Union House, local onde está hasteada a bandeira dos Emirados Árabes Unidos. Assim como nos anos anteriores, os maratonistas devem percorrer a larga e plana Jumeirah Road para alcançar o retorno e voltarem ao ponto de partida, que também é o local da chegada.

As inscrições para a prova estão abertas no site oficial do evento. Ainda é possível escolher as distâncias de 3 km ou 10 km.

Fonte: Revista The Finisher

MARATONA DE REVEZAMENTO DE BÚZIOS: PARAÍSO E INFERNO JUNTOS!

Maratona de Revezamento de Búzios

Equipe Filhos do Vento na Maratona de Revezamento de Búzios

No último dia 6 de novembro participei da terceira edição da Maratona Cross Country de Revezamento de Búzios. Uma ótima opção para quem quer aliar corridas e viagens. Fiquei hospedado no hotel Pérola Búzios. Muito bom!

Mas vamos à corrida em si. Participei de um dos quartetos formados pela minha assessoria esportiva, a Filhos do Vento. A princípio seria um quarteto relax, sem grandes pretensões, com dois homens e duas mulheres, mas uma das corredoras desistiu em cima da hora.

Na véspera da prova assistimos à palestra de apresentação do evento. Estávamos com um a menos no quarteto até que me apresentaram o Moura. Minha amiga Monica disse: “Ele vai correr o primeiro trecho pra gente. Ele corre pra caramba”. Aí eu fiquei tranquilo, meu trecho era o segundo, com certeza ele me deixaria numa boa posição.

Comemos aquele jantar de massas bonito, tomei duas taças de vinho e duas cervejinhas, porque ninguém é de ferro, e fomos dormir.

A largada foi às 7h da manhã. Ao deixarmos o Moura na largada, perguntei em quanto tempo ele pretendia fazer os 10,5 km do trecho: “Por volta de 40 minutos”, disse ele. OK! O cara corre pra cacete, porque são 10,5 km com subidas, descidas, trilhas, sinistro!

Pegamos o carro, Eu, Monica e Paco, e fomos para o primeiro ponto de transição. Fiquei logo a postos, mas não esperava que ele fosse me passar a pulseira em quarto lugar! Sou um amador qualquer nota, com pace entre 5 e 5:30 min/km. Saí em disparada pela estrada de terra da Praia Brava pra ver se não fazia tão feio.

Com menos de 1 km tive que começar a subir um morro. Morro mesmo, no meio do mato, não era ladeira não. Subi, subi, subi e depois comecei a descer. A trilha estava tão fechada que achei que estivesse perdido, mas depois de alguns minutos os cavalos, quer dizer, corredores começaram a me ultrapassar.

Como estava no meio da elite da prova, minha diversão passou a ser contar quantas pessoas me ultrapassavam. Foram mais de 60! Foi a única prova da minha vida (participo de provas regularmente há dois anos) em que não consegui passar ninguém. Super motivador!

Depois do morro, comecei a subir umas ladeiras ali na Brava mesmo. Muito bizarro! Meu pace deve ter ido pra 10 min/km. Depois tive que dar um gás porque dois vira-latas resolveram me acompanhar, latindo nos meus calcanhares. Algo parecido com o treinamento dos quenianos correndo de leões.

Aí veio o refresco: entrei em Geribá e comecei a correr pela areia dura, ventinho no rosto, solzinho tranquilo, um espetáculo! E o pessoal me passando! Tava cheio de mulher bonita na prova, mas nenhuma me passou, só macho.

Em seguida rolou um pouco de estrada e entramos na Praia de Tucuns, conhecida como o “Paraíso Gay”. Que fase! Pra encerrar com chave de ouro, os últimos 500 metros foram em areia fofa. Ninguém merece. Terminei o trecho em 1h10, dentro do previsto.

Passei a pulseira pra Monica. O terceiro trecho era o pior disparado, com uma montanha criminosa. Combinamos na véspera que ela faria esse trecho, uma vez que estava machucada e teria que andar mesmo. Não esperávamos que fosse ser tão ruim assim. Ela quase morreu, mas faz parte.

Meu amigo Paco encerrou bonito o revezamento, com direito a entrar no mar e tudo. Ele também subiu um morro na Ferradura criminoso. O importante é que chegou todo mundo com saúde!

Apesar dos percalços e infortúnios, recomendo muito essa prova a todos. O visual é um espetáculo. Nunca vi nada igual. Pra quem não estiver tão em forma, recomendo fazer o primeiro ou o segundo trechos. São mais tranquilos. Pra quem está começando a correr agora, fica em casa! Ou então vai só pra dar um apoio.

Mas o melhor da viagem foi que conheci um monte de gente da equipe que ainda não conhecia e criamos a ala Boêmios da Filhos do Vento. O pessoal que bebe e corre, não necessariamente nessa ordem. Um brinde aos Filhos da Cerva e até domingo na Lagoa!

EMBRATEL RIO UP RUN: A CORRIDA DA PAZ

Embratel Rio Up Run - corrida de rua

21/10/11

No próximo dia 6 de novembro será realizada a Embratel Rio Up Run, primeira corrida, na modalidade rústica (cross-country) de 8 km, a ser realizada em comunidades pacificadas da Zona Sul do Rio de Janeiro. O atleta deverá estar preparado para encontrar certas dificuldades como: ladeiras, escadas, vielas, becos, rampas, chão acidentado e possibilidades de lama em certos pontos. A prova terá todos os aparatos necessários e pessoal treinado para garantir a segurança dos corredores.

Trata-se de uma corrida diferenciada, feita especialmente para os atletas que procuram novos percursos. A orla carioca será palco da maior parte da prova, sendo que 3 km serão percorridos nas ruas dos morros da Babilônia e do Chapéu Mangueira, localizados no Leme. Prepare-se para surpreender seus limites!

O percurso

A largada acontecerá às 7h30 na orla de Copacabana (altura do Posto 4), seguindo pela Av. Atlântica até o final do Leme, e depois passando pelas ruas das comunidades e retornando à praia, ao mesmo ponto da largada. O percurso passa por muitos degraus, ladeiras íngremes e muitas vezes estreitas, o que exigirá um preparo físico típico de uma “tropa de elite”. Vários pontos importantes e charmosos marcam o trajeto da Embratel Rio Up Run: a rua onde morou o compositor de “Aquarela do Brasil” Ary Barroso; locais das filmagens dos filmes Tropa de Elite e Orfeu; entre outros locais, como o Bar David, que já recebeu vários prêmios de gastronomia e fica lotado nos fins de semana.

Responsabilidade social

Atenta à questão da responsabilidade social, a Rio Up Run irá realizar algumas ações sociais em benefício das comunidades dos morros da Babilônia e do Chapéu Mangueira, locais onde a competição será disputada.

Centenas de jovens das comunidades serão capacitados em um curso de qualificação de staff de eventos esportivos, oferecido pela organização da corrida. Através desta iniciativa, os moradores terão a oportunidade de atuar no crescente mercado esportivo carioca durante os próximos anos, como na Copa do Mundo 2014 e nos Jogos Olímpicos 2016. A Rio Up Run será a primeira chance de colocar em prática os aprendizados.

Além da profissionalização de jovens, a corrida também conta com ações como inscrições gratuitas para os moradores, melhorias nas comunidades, doação de tênis (os corredores pagantes poderão doar tênis novos em troca de inscrições) e criação de uma categoria para os moradores com direito a premiação especial.

Inscrições

Segundo a organização da prova, a estimativa de participantes na Embratel Rio Up Run é de 2 mil inscritos.

Para fazer sua inscrição, acesse o site http://www.riouprun.com.br/.

AGENDA 2012: CORRIDA DA PONTE E MARATONA DO RIO JÁ TÊM DATAS CONFIRMADAS

Corrida da Ponte e Maratona do Rio

Duas importantes provas do calendário carioca confirmaram suas datas para 2012. A Maratona do Rio será realizada no dia 8 de julho e contará também com as distâncias de 21 e de oito quilômetros. Já a Corrida da Ponte acontecerá em maio, dia 20, com a distância de 21 quilômetros.

As provas no Rio de Janeiro têm em comum o belo cenário à sua volta. A Maratona do Rio acompanha a orla carioca, passando pelas praias do Recreio, Barra, São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo e Flamengo. Um descanso na vista para aqueles que estão botando toda energia na corrida.

Já a Corrida da Ponte tem largada em Niterói e chegada no Aterro do Flamengo. Este ano a corrida foi realizada em abril e tornou-se um verdadeiro martírio para os corredores inexperientes em virtude do forte calor registrado no dia da prova. Vários corredores passaram mal, desmaiaram e tiveram que ser socorridos pelas equipes médicas. Vamos torcer para que em maio esse calor não se repita. O percurso não tem nenhuma sombra, então não é uma corrida muito aconselhável para iniciantes na Meia Maratona.